Skip to content

O Evangelho segundo Lucas

25/01/2012

1. INTRODUÇAO
Estamos diante de uma obra sem igual na história. Apesar da aula desta semana contemplar apenas o evangelho escrito por Lucas, que é o maior livro do NT, temos que lembrar que este é apenas o primeiro volume de uma obra conjunta, que alguns convencionaram chamar Lucas-Atos. Portanto, muitas das conclusões a que chegaremos no estudo do evangelho se baseiam na análise também de Atos.
Quem era Lucas? Ele foi uma testemunha ocular? Qual o propósito de Lucas-Atos? Que aspectos da vida de Jesus Lucas enfatiza?

2.QUEM? QUANDO? PARA QUEM? (Autoria, data de composição e destinatários)
Lucas, o médico: como já sabemos, não há indicação de autoria expressa no evangelho. Mas desde o século II, este evangelho já circulava com o título que atribuía sua autoria a Lucas, companheiro de Paulo a partir de Atos 16.10 (perceba o pronome “nós”). Em Cl. 4.14, Lucas é chamado de “médico amado”. Em Fm 24, está na lista de cooperadores de Paulo; e em 2 Tm. 4.11 o apóstolo o menciona como um amigo leal.

A expansão do Evangelho entre os gentios: a partir de Atos 13, a igreja avança em sua missão a terras gentílicas. Até então, havia permanecido em Jerusalém, quando Deus permitiu que a perseguição relatada em At. 8 dispersasse nossos irmãos. O Evangelho chegou a Samaria. Em At. 10, lemos sobre o primeiro convertido gentio, Cornélio. O próximo passo foi o envio de missionários separados pelo Espírito Santo, no caso, Barnabé e Paulo.
Paulo percebeu a necessidade de uma narrativa da vida e dos ensinos de Jesus que fossem adequadas para os gentios do mundo greco-romano. O evangelho em circulação na época, Mateus, continha muitos elementos próprios do judaísmo. Porém, essa narrativa seria escrita por alguém que não foi testemunha ocular de Jesus. Era necessário, então, a aprovação de um apóstolo. Por isso, cremos que Pedro se valeu de Lucas (e também de Mateus) para pregar suas memórias em Roma. Logo, situamos a composição de Lucas entre os anos 58-62 AD.

3. COMO? Contexto Literário
Passamos a destacar algumas características literárias de Lucas que o diferenciam dos demais evangelhos:
a) Lucas era um perito na língua grega. Seu estilo é o mais refinado do NT, se aproximando do grego clássico. Seu vocabulário parece revelar sensibilidade cultural e geográfica.
b) Este é o evangelho que mais se parece com uma biografia nos moldes do mundo antigo. A obra de Lucas é organizada para um leitor típico do mundo greco-romano que deseja saber sobre heróis e estadistas.
c) É o evangelho que traz mais detalhes sobre a vida de Jesus, principalmente sua infância. Lucas tem grande quantidade de material de interesse humano.
d) Apesar de manter a estrutura básica de Mateus, Lucas espalha o ensino de Jesus por todo o evangelho. Muitos deles são ministrados em cenas de refeição, o que lembra os simpósios gregos para expor sabedoria. É o evangelho que contém o maior número de parábolas.
A ênfase de Lucas está, sem dúvida, na humanidade de Jesus. Seu relato nos mostra um Jesus que fez parte da história como um homem perfeito.
Podemos dizer que o verso chave do Evangelho é Lc. 19.10: Pois o Filho do homem veio buscar e salvar o que estava perdido.

4. POR QUE? Contexto teológico.
Alguns temas presentes no evangelho de Lucas no ajudam a entender sua mensagem e propósito:
a) Louvor a Deus e alegria pela salvação: o início do evangelho de Lucas contém uma nota de alegria pela chegada da salvação. Estes cânticos receberam até nomes para os destacar:
a. Magnificat, o cântico de Maria em Lc. 1.46-55.
b. Benedictus, o cântico de Zacarias em Lc. 68-79
c. Gloria in Excelsis Deo, o cântico dos anjos em Lc. 2.14
d. Nunc Dimitis, o cântico de Simeão em Lc. 2. 29-32
b) O Espírito Santo: Lucas contém mais referências ao Espírito Santo do que Mateus e Marcos juntos. Quando consideramos o segundo volume da obra de Lucas, o livro de Atos, o tema ganha uma dimensão magnífica. Tanto que Atos é chamado de “Atos do Espírito Santo”. O Espírito está presente desde a concepção de Jesus; enche e capacita Isabel, Zacarias, João Batista, Simeão; a vida de Jesus é vida cheia do Espírito (4.1, 14 e 18; 10.21).
c) Oração: Lucas registra 9 ocasiões em que Jesus orou, 7 delas são exclusivas do seu evangelho.
d) A humanidade de Jesus: Jesus é um homem de seu tempo (2.52) e sua condição humana o torna capaz de representar a raça humana. Em Lucas a genealogia de Jesus vai até Adão, o primeiro representante de toda a raça humana. Lucas, como já dissemos, mostra Jesus como um homem dependente da oração e do Espírito Santo. O título “Filho do Homem” utilizado 26 vezes por Lucas é emblemático.
e) Interesse por pessoas desconsideradas no 1º século: crianças, mulheres, pobres, pessoas de má fama (samaritanos, pecadores, publicanos) e viúvas representavam, no primeiro século, um círculo de pessoas pelas quais poucos se interessavam. Lucas mostra Jesus interagindo com elas o tempo todo. As passagens citadas são exclusivas de Lucas:
i. 2.16-18 – saudado por pastores, que tinham má fama.
ii. 4. 18-19 – declaração da missão de Jesus.
iii. 7.11-17 – a compaixão por uma viúva.
iv. 7.47-50 – compaixão por uma mulher pecadora.
v. 8.2,3 – mulheres seguiam Jesus.
vi. 10.30-37 – a parábola do samaritano.
vii. 10.38-42 – Marta e Maria
viii. 14.13 – compaixão por mancos, aleijados e pobres.
ix. 17.11-19 – a cura dos 10 leprosos. O que voltou para agradecer era samaritano.
x. 18.13-14 – o publicano foi justificado.
xi. 19.1-9 – Zaqueu, o publicano salvo.
xii. 23.43 – o ladrão crucificado é salvo.
f) A salvação na história: Lucas quer mostrar nos dois livros de sua autoria que Deus está operando sua salvação na história. Lucas usa o verbo “salvar” mais do que qualquer outro evangelista. Essa salvação alcança todos os povos, o que pode ser comprovado pela narrativa de Atos. Esse alcance da salvação, porém, não era novidade. Lucas demonstra que Deus já havia prometido isso no AT.

Anúncios

From → Novo Testamento

Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: