Skip to content

1 e 2 Tessalonicenses

10/02/2012

1. INTRODUÇAO
Jesus vai mesmo voltar? Estaria próximo neste dia? Quais são os sinais que marcarão este glorioso dia? Estas são algumas perguntas que Paulo responderá nas duas cartas que escreveu à igreja em Tessalônica. Mas o assunto destas duas pequenas cartas não se limita à segunda vinda do Senhor, como veremos adiante.

2. QUEM? (Autoria)
As evidências internas e externas apóiam a autoria paulina de ambas as cartas (1Ts. 1.1; 2.18; 2Ts. 1.1; 3.17)
Paulo menciona na abertura das duas cartas os nomes de Silvano e Timóteo, dois de seus colaboradores mais próximos. O nome de Timóteo é bastante familiar, mas quem é Silvano? Este é o outro nome pelo qual é conhecido Silas, companheiro de viagem de Paulo (v. At. 16).

3. QUANDO? ONDE? (Data e Local)
Para respondermos a esta pergunta é útil refazermos a trajetória de Paulo em sua segunda viagem, a partir de Tessalônica .

  •   Paulo e Silas fogem de Tessalônica para Beréia (At. 17.10). Como Timóteo não é mencionado, é possível que tenha continuado em Tessalônica ou voltado a Filipos, se reencontrando depois com Paulo e Silas em Beréia (At. 17.14).
  •   Paulo vai para Atenas, deixando Silas e Timóteo em Beréia.
  •   Paulo manda instruções para que seus auxiliares o encontrem em Atenas (At. 17.15). Paulo tenta retornar a Tessalônica, mas é impedido (1Ts. 2.18).
  •   Timóteo se encontra com Paulo em Atenas e é enviado de volta à Tessalônica. Como Silas não é mencionado, acredita-se que tenha voltado a Filipos.
  •   Paulo segue para Corinto (At. 18.1).
  •   Silas e Timóteo em Corinto com Paulo (At. 18.5)
  •   Paulo escreve 1Ts.
  •   Após ter recebido informações sobre a igreja, escreve, seis meses depois, 2Ts.

Assim, a carta aos tessalonicenses foi escrita na cidade de Corinto, por volta do ano 51 AD. Estas cartas são, portanto, os documentos mais antigos do NT depois da carta aos Gálatas, já que aceitamos a data recuada da escrita desta última epístola (v. lição #41 sobre Gálatas).

4. PARA QUEM? (A cidade de Tessalônica e os tessalonicenses)
A cidade de Tessalônica, por sua localização na Via Egnácia (a principal da região), tornou-se um importante centro comercial. Como cidade portuária, seus habitantes não gozavam de boa reputação: enganadores, indolentes, promíscuos e malandros. Era a maior cidade da Macedônia, com cerca de 200 mil habitantes.
O nome da cidade foi uma homenagem à meia-irmã de Alexandre Magno, Tessalônica. Atualmente chama-se Salônica e é a segunda maior cidade da Grécia.
De acordo com Atos 17.2, Paulo passou 3 sábados pregando na sinagoga de Tessalônica. Alguns sustentam um período de permanência maior que este, devido as referências ao trabalho de Paulo (1Ts. 2.7-11), ao recebimento de duas doações dos filipenses (Fp. 4.16) e ao próprio ensino ministrado ali, que incluía escatologia.
É perfeitamente possível que Paulo tivesse começado a trabalhar imediatamente após sua chegada na cidade e continuasse trabalhando por 3 ou 4 semanas, tempo este também razoável para o recebimento dos donativos de Filipos. Quanto ao ensino de escatologia, o próprio Paulo ensinava intensivamente nos dias de semana e Timóteo, que permaneceu mais tempo na cidade, pode ter complementado algum ponto.
Daí podermos dizer que Paulo ministrou em Tessalônica durante 1 mês, sob forte oposição, que o fez fugir da cidade. Apesar de ministrar nas sinagogas, parece que a maior parte dos membros da igreja tessalonicenses era de gentios (v. 1Ts. 1.9)
Entretanto, Deus levantou ali uma igreja sólida (ler 1Ts. 1.2-10).

5. POR QUE? (Teologia de tarefa)
Apesar da segunda vinda de Cristo ser considerado o tema principal das duas cartas aos tessalonicenses, há uma variedade de outros assuntos tratados. Na primeira carta, por exemplo, Paulo inicia com ações de graças pela fé, amor e esperança dos seus destinatários (cap. 1); nos caps. 2, 3 e início do cap. 4, Paulo recorda seu ministério entre os tessalonicenses e os encoraja a continuar crescendo (3.6-12; 4.1-12).
Somente a partir de 4.13, o apóstolo começa a refletir sobre a segunda vinda do Senhor, prosseguindo até 5.11. Na segunda carta, o tema aparece a partir do cap. 2.
Os problemas e necessidades que deram origem a carta são os de uma igreja em sua infância, que enfrenta oposição de fora e tem lacunas no ensino em razão do pouco tempo de permanência do apóstolo.
Devido à perseguição instaurada após a fuga de Paulo, muitos pensavam que o juízo havia chegado, revelando certo temor (2Ts. 1-3). Alguns, pelos mesmos motivos pensavam que não precisariam fazer mais nada, inclusive trabalhar (2Ts. 3.6-15). Estes foram os problemas combatidos na segunda carta.

6. COMO? (organização e mensagem)
Paulo organiza suas cartas aos tessalonicenses de modo semelhante, começando com ações de graças e prosseguindo com instruções e palavras de encorajamento e esclarecendo as dúvidas sobre a segunda vinda.
Quanto a este último tema, Paulo não diz tudo que gostaríamos de saber. No entanto, não podemos perder de vista a mensagem mais ampla, fixando-nos nos detalhes.
Na primeira carta, Paulo instrui os tessalonicenses a cultivarem a bendita esperança da volta do Senhor, vivendo de modo digno do evangelho, edificando e consolando uns aos outros (1Ts. 4.18, 5.11).
Com o aumento da perseguição, alguns passaram a pensar e pregar que Cristo já havia voltado. Paulo corrige este erro na segunda carta (2.1-7) e enfatiza a perseverança (2.13-16) e o trabalho (3.6-15).
A porção de 1 Ts. 2.1-3.13 é especialmente importante para compreendermos como uma equipe missionária deve se portar diante dos desafios do chamado e como deve se relacionar com aqueles a quem pregaram o evangelho. São sinais de um ministério genuíno.
O que aprendemos com os tessalonicenses? 3 pontos podem ser destacados:

  •  Que devemos trabalhar para a glória de Deus;
  •  Que devemos viver sabiamente, compreendendo a palavra de Deus;
  •  Que devemos viver na expectativa da volta de Cristo, em equilíbrio entre o agora e ainda não.
Anúncios

From → Novo Testamento

Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: